Avançar para o conteúdo principal

Mensagens

Saúde mental infantil – uma quase indiferença de décadas.

Este é um desafio claro para a próxima legislatura: Portugal não pode continuar a desperdiçar a oportunidade de reparar um erro que é simultaneamente científico, moral e de direitos humanos das nossas crianças e adolescentes, nomeadamente das mais vulneráveis.
Créditos: Público
Ler

Conteúdo relacionado
1 em cada 5 crianças sofre de ansiedade e de depressão
Metade das doenças mentais começa aos 14 anos
Investimento na saúde mental das crianças reduz custos sociais no futuro
Saúde mental infantil preocupa especialistas e a culpa é do stresse dos pais
- A necessidade da informação na Saúde Mental
A “pressão do mundo virtual” anda a mexer com a saúde mental dos jovens
Quando a depressão e a ansiedade tramam a vida aos adolescentes
Quase um quinto da população portuguesa sofre de doenças mentais
Mensagens recentes

Contra as turmas demasiado competitivas.

A competição faz-nos crescer, mas as turmas demasiado competitivas distorcem tantas vezes a relação dos nossos filhos com o conhecimento que muitos baixam os braços e desistem, devagarinho, de competir.
Créditos: Observador
Ler

"Pensar Nutrição". Site português conta-lhe a verdade sobre o que come.

Uma equipa da Faculdade de Ciências da Nutrição e Alimentação da Universidade do Porto criou um portal onde professores, investigadores e alunos analisam o estado da nutrição em Portugal e fazem um fact-checking dos principais temas da atualidade. O objetivo é "combater a desinformação sobre a alimentação".
Créditos: DN
Ler

“Os pais estão constantemente ao telemóvel e as crianças estão a aprender com eles”.

Apesar de a investigadora norte-americana ter dedicado a sua carreira ao estudo das crianças e dos media, Dafna Lemish alerta para as mudanças que se fazem sentir entre os adultos e a sua relação com as tecnologias de comunicação.
Créditos: Público | Culto
Ler

Há escolas à procura de professores desde o início do ano letivo.

Lisboa, Setúbal e Faro são os distritos mais afetados. Rendas altas e salários baixos ajudam a explicar a dificuldade em encontrar candidatos.
Créditos: Expresso
Ler

“Um filho não pode ser um bonsai ao qual os pais cortam as folhas a seu gosto”.

Os pais protegem os filhos, têm medos e ansiedades e, por isso, muitos cedem à tentação de criar os miúdos numa redoma. O psicólogo espanhol Javier Urra alerta para a necessidade de as crianças serem resilientes.
Créditos: Público | Culto
Ler

Uma geração de inábeis sociais.

Que caminho das pedras tardio terão as nossas crianças de fazer para desformatar um cérebro de sinapses condicionadas pelos ecrãs que nós – pais, educadores, adultos – lhes enfiámos à frente?
Créditos: Visão
Ler