Avançar para o conteúdo principal

Mensagens

A mostrar mensagens de Setembro, 2019

Até 67% das crianças, entre os 0 e os 3 anos, utilizam novas tecnologias.

Alertas para a urgência de refletir sobre os potenciais riscos do consumo excessivo das tecnologias por parte das crianças e dos jovens, no dia 1 de outubro – adolescentes, pais, professores e médicos juntam-se, no Auditório do Centro do Conhecimento do Hospital CUF Descobertas, para discutir a questão: ‘Internet a mais, convívio a menos?’.
Créditos: Crianças a torto e a Direitos
Ler

Júlio Machado Vaz: Falar de emoções com os pais, respeitar o espaço dos filhos.

“Se os filhos não falam connosco na infância não vão começar a fazê-lo na adolescência”, diz o psiquiatra Júlio Machado Vaz. Uma entrevista sobre as palavras que sempre disse aos filhos – e a importância de respeitar o espaço deles -, as conversas que tinha com a mãe – com quem falava de tudo, até de desgostos de amor – e o que só conseguiu dizer ao pai no fim de vida – com quem teve um amor envergonhado mas que se tornou diferente quando nasceram os netos.
Créditos: DN | Life
Ver

Quem quer ser pastor? Há uma escola que quer dar vida a uma classe em extinção.

Nesta semana, cerca de 40 homens e mulheres começaram as aulas na primeira escola de pastores do país. Chegam motivados pela curiosidade ou por sonhos de criança, para rejuvenescer uma classe envelhecida e em extinção.
Créditos: DN
Ler

Deepfake. A mentira que se esconde à frente dos nossos olhos.

A manipulação de imagens está a atingir um novo patamar: graças à inteligência artificial, é cada vez mais fácil criar vídeos falsos com resultados credíveis. Os alvos são sobretudo figuras públicas e um dos exemplos mais famosos utiliza a imagem do antigo presidente norte-americano Barack Obama. Mas também há cidadãos anónimos cujas imagens retiradas das redes sociais servem, por exemplo, para criar pornografia falsa.
Créditos: Público
Ler e ver
Conteúdo relacionado - Esther Wojcicki: “La mayoría de la gente no sabe reconocer una noticia falsa”
- Fake news
- Inteligência artificial

Atividades para os mais novos.

Para o primeiro semestre da temporada 2019/2020, o Descobrir reuniu várias propostas e sugestões de atividades, tendo como prioridade os mais novos — sozinhos ou em família. Inspirados pelos prenúncios da nova estação, trazemos-lhe ideias para sair de casa e vir desfrutar deste início de outono connosco.
Créditos: Fundação Calouste Gulbenkian
Ler

Entrevista a Pepe Menendez: ¿Qué debemos mirar para darnos cuenta que un cambio es necesario?

En el marco del proyecto "Eutopía" convocamos a Pepe Menéndez, miembro del equipo directivo de la Fundación Jesuïtes Educació de Catalunya (España) e impulsor del proyecto de transformación educativa "Horitzó 2020". Es profesor de literatura, periodista y experto en Formación Profesional. Dirigió el Centro de Estudios Joan XXIII – Jesuïtes Bellvitge y el Centre de Tecnologías Ituarte (CETEI -Jesuïtes Educació), un centro experimental de innovación tecno-pedagógica.
Créditos: Panorama | Portal de política educativa en iberoamerica
Ler e ver

BBVA - Aprendemos juntos.

"A importância de dizer "eu te amo" de acordo com a neurociência", Wendy Suzuki.
Créditos: El País
Ver e ler

BBVA - Aprendemos juntos.

"É mais difícil aprender como adultos?", Mariano Sigman.
Créditos: El País
Ver e ler

Faltas para os alunos grevistas garantidas, mas escolas estão com a causa do clima.

Estão marcadas concentrações em pelo menos 30 localidades portuguesas. Greve climática global não conta com a adesão das federações e associações académicas do ensino superior.
Créditos: Público
Ler

“Na Europa de hoje, o multilinguismo é mais importante do que nunca”.

Nick Saville é linguista e investigador na área da avaliação na Cambridge Assessment English e está em Portugal no âmbito das celebrações do Dia Europeu das Línguas que se celebra esta quinta-feira.
Créditos: Público
Ler

Pais que estudam pelos filhos.

O ano lectivo ainda agora começou e já vemos pais e mães empenhados em organizar o processo de estudo… o seu, não o dos seus filhos. Pois é, existem milhares de pais que estudam, não com os filhos, mas sim pelos filhos.
Créditos: DN | Life
Ler

Ciclo de debates e conferências - Mês da Ciência e da Educação 2019.

Entre Outubro e Novembro de 2019, a Fundação Francisco Manuel dos Santos propõe um roteiro pelos modernos caminhos da ciência e da educação, caminhos esses que conduzem à evolução do conhecimento.
Créditos: Fundação Francisco Manuel dos Santos
Ler

Pré-escolar é essencial para travar maus-tratos e negligência a crianças – notícia com declarações de Manuel Coutinho do IAC.

Notícia com declarações do Dr. Manuel Coutinho (Secretário–Geral do Instituto de Apoio à Criança e Coordenador do Sector SOS-Criança do Instituto de Apoio à Criança).
Créditos: Crianças a torto e a Direitos
Ler

Khaseen foi morto à frente de 50 jovens. Em vez de o ajudarem, filmaram – Notícia com declarações de Melanie Tavares do IAC.

A notícia contém declarações da Dra. Melanie Tavares, Coordenadora dos Sectores da Actividade Lúdica e da Humanização dos Serviços de Atendimento à Criança do Instituto de Apoio à Criança.
Créditos: Crianças a torto e a Direitos
Ler

Sociedade civil - Educação.

Há muito que se critica a Educação em Portugal. Exige-se mais modernidade na forma e no conteúdo. Quais os passos que se estão a dar neste sentido? E qual o caminho a seguir, para uma educação moderna? A conversa com educadores no Sociedade Civil. convidados: António Ponces de Carvalho, Presidente da Direção da Associação de Jardins-Escolas João de Deus; António Quaresma Coelho, Professor na Escola Básica da Várzea de Sintra; Nuno Pinto Martins, Fundador da Academia Educar pela Positiva.
Créditos: RTP Play
Ver

Humanidades ou Universidades para consumidores perfeitos?

Se queremos recuperar a centralidade do ser humano, não podemos suprimir as humanidades. A alternativa é forma(ta)r automatismos úteis mas sem alma, consumidores perfeitos, mas não pessoas livres, capazes de abraçar o bem comum.
Créditos: Ponto SJ
Ler

Ambiente: cinco livros que podem ajudar na sala de aula (e fora dela).

São livros ilustrados, mas não são apenas para crianças. Seleccionámos cinco obras para todas as idades, que alertam para uma tomada de consciência ambiental e ecológica. Da paisagem ao plástico, da floresta ao mar e de volta ao lugar onde tudo se junta: o planeta Terra.
Créditos: Público | P3
Ler

Fronteiras XXI - O que é que podemos fazer pelo planeta?

A vida na Terra nunca esteve tão ameaçada como agora. A crise climática tem-se agravado a um ritmo mais acelerado do que o previsto. Jovens de todo o mundo uniram-se para ser o megafone da comunidade científica: exigem uma ação global conjunta que garanta o futuro das próximas gerações. Hoje 7,7 mil milhões de pessoas habitam o planeta, em 2050 seremos quase 10 mil milhões. Como é que vamos alimentar uma população crescente? Teremos mesmo de aumentar a produção agrícola quando hoje 1/3 dos alimentos vão parar ao lixo? Os hábitos de consumo geram tanto desperdício que terão de ser radicalmente alterados. As emissões de gases com efeito de estufa não dão sinais de abrandamento, para dar resposta às necessidades dos transportes, indústria e da agropecuária. O degelo dos polos Ártico e Antártico agrava-se. A geografia de regiões inteiras está a mudar. E as florestas continuam a ser dizimadas para aumentar a produção de gado e de culturas como a soja. As consequências podem ser irreversív…

Clima. Porque é que António Guterres convoca uma cimeira mundial?

A Cimeira da Ação Climática, convocada pelo secretário-geral das Nações Unidas (ONU), António Guterres, arranca no sábado com eventos dedicados à participação jovem e culmina na segunda-feira com uma reunião de líderes políticos de todo o mundo.
Créditos: DN
Ler
Conteúdo relacionado - António Guterres: "A natureza está zangada e está a devolver o golpe"Alterações climáticas: o que já mudou e o que está para chegarHá um desastre climático por semana. ONU convoca países para travar a crise
Na guerra contra as alterações climáticas o sobreiro é um “escudo protector”Crise climática agora

PREVINT

O Programa de Intervenção no Âmbito da Violência nas Relações Interpessoais (PREVINT TM)  pretende sensibilizar adolescentes e adultos para contextos de violência nas relações interpessoais. Recorre a um mediador visual dividido em três espectros, com 10 níveis em cada, intitulado "Violentrómetro", onde a intensidade da violência vai aumentando.
Créditos: Aggression Lab, Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro (UTAD)

Ver

Conteúdo relacionado
- Plataforma eletrónica quer ajudar a medir e prevenir comportamentos de violência
- Ricardo Barroso: "A violência psicológica está completamente enraizada no quotidiano dos adolescentes"

Joana Rato. Mente, cérebro e educação.

A convidada desta semana do podcast Quarenta e cinco graus é a psicóloga Joana Rato, doutorada em Ciências da Saúde, que actualmente desenvolve investigação na Universidade Católica, com o projecto “Mente, Cérebro e Educação”.
Créditos: Público
Ouvir e ler

Alunos portugueses têm menos dias de aulas, mas passam mais horas na escola. É preciso mudar?

Encolher as férias escolares é uma possível resposta aos problemas identificados nos relatórios Eurydice e Education at a Glance: os alunos portugueses são dos que passam menos dias na escola mas têm das cargas horárias mais pesadas entre os vários países europeus.
Créditos: Público
Ler

“GeraZão”. Programa 'online' alerta jovens para perigos na Internet.

Os jovens mas também os educadores e os pais têm desde hoje um novo programa educativo 'online' para dar a conhecer as boas práticas de utilização na Internet abordando temáticas como o “bullying” ou o “sextorsion”.
Créditos: Sapo 24
Ler

Watch: President Obama Meets with Greta Thunberg.

A (falta de) autonomia nas crianças.

O conforto que os pais julgam estar a dar às suas crias tem um preço, que é o de não desenvolver o pensamento crítico e a capacidade de resolver problemas por eles próprios. Um artigo de opinião de Luísa Agante, professora de marketing na Faculdade de Economia do Porto e especialista em comportamento do consumidor infantil e juvenil.
Créditos: Sapo LifeStyle
Ler

Problemas de comportamento na infância, insónia na idade adulta.

Os resultados do estudo destacam a importância de abordar os problemas de comportamento e os problemas de sono durante a infância.
Créditos: Público | Culto
Ler

BBVA - Aprendemos juntos.

“No eres de donde vienes, eres adonde vas”, Beatriz Luengo.
Créditos: El País
Ver e ler

As médias de acesso à universidade de portugueses extraordinários.

Seleção e seriação são as palavras de ordem quando se fala de acesso ao ensino superior. Mas esta é uma história cheia de alíneas e asteriscos. Siza Vieira, Sobrinho Simões, Clara de Sousa e Helena Costa procuram nas memórias estudantis os requisitos que preencheram para conseguir um lugar na universidade.
Créditos: Notícias Magazine
Ler

BBVA - Aprendemos juntos.

“Una sociedad científica será una sociedad más libre”, Margarita Salas y María Blasco.
Créditos: El País
Ver e ler

Noesis - Notícias da Educação.

Boletim do mês de setembro de 2019 da revista Noesis, publicada pela Direção-Geral da Educação. 
Créditos: dge-mec
Ler

Pequenos gestos, grandes atitudes (e a natureza agradece).

A educação ambiental começa em casa e quanto mais cedo melhor. Separar embalagens, não ter a torneira sempre aberta e a luz sempre acesa, perceber que os recursos naturais também se esgotam. Tudo é importante. Comportamentos conscientes todos os dias, férias incluídas, em todo o lado, fazem diferença no bem-estar do planeta.
Créditos: Educare
Ler

Sociedade civil - Pais e filhos.

A relação de pais e filhos pode ser natural, mas nem sempre é fácil. A correria do dia-a-dia deixa as respostas "não" e "porque sim" serem ditas vezes demais. Por isso estabelecer regras e dar atenção aos filhos é essencial, mas há mais! Descubra o resto, no Sociedade Civil.
Créditos: RTP Play
Ver

Os 8 pilares da Literacia Digital.

Créditos: Linha de leitura

Fronteiras XXI - O que é que podemos fazer pelo planeta?

A vida na Terra nunca esteve tão ameaçada como agora. A crise climática tem-se agravado a um ritmo mais acelerado do que o previsto. Jovens de todo o mundo uniram-se para ser o megafone da comunidade científica: exigem uma acção global conjunta que garanta o futuro das próximas gerações.
Créditos: Fundação Francisco Manuel dos Santos
Ler

Conteúdo relacionado
- Do que vale a natureza?

Como sou visto pelos meus filhos?

Será que atualmente coloca esta questão a si mesmo? E será que para si é importante saber a resposta? Claro que sim! Irá perceber o que é mais valorizado pelo seu filho, bem como saberá o que é mais benéfico para o seu desenvolvimento.
Créditos: Sapo LifeStyle
Ler

BBVA - Aprendemos juntos.

"Empatía: tus hijos aprenden de lo que ven en ti.", Mary Gordon.
Créditos: El País
Ver e ler

Escola de Paredes testa novo modelo: uma semana de férias a cada oito semanas de aulas.

Nem dois semestres, nem três períodos: o agrupamento de escolas de Cristelo, em Paredes, vai passar a dividir o ano letivo em 4. Os alunos passam a ter férias — e avaliação — de 8 em 8 semanas.
Créditos: Observador
Ler

2077 - 10 Segundos Para o Futuro | Mutação.

Inteligência Artificial. Nanotecnologia. Fusão Homem/Máquina. Genética. Estamos no ponto de partida de uma mudança tecnológica exponencial. Nas próximas décadas viveremos a desmaterialização da tecnologia. Os computadores abandonarão as secretárias para se instalar nos olhos, nas paredes e em tudo o que nos rodeia. Os chips estarão integrados em praticamente tudo à nossa volta, transmitindo informação vital. A qualidade e a esperança média de vida aumentarão espantosamente e o envelhecimento será retardado. Teremos capacidade de escolher genes para os nossos filhos e criar novas formas de vida. Em 2007, um smartphone tinha mais potência do que os computadores da NASA que levaram o homem à Lua em 1969. Em 2077 é provável que controlaremos os objetos à nossa volta através do pensamento. É unânime a opinião de que a revolução em curso é a maior e mais rápida de todas, com a interceção da genética, da nanotecnologia e da inteligência artificial. As consequências são inúmeras e transversa…

Há mais alunos no superior, mas mais jovens sem trabalhar nem estudar.

Portugal consegue ter taxas de inscrição no ensino superior acima da média da OCDE e o dobro dos “nem-nem” que procuram emprego há mais de um ano dos países parceiros, mostra relatório Education at a Glance.
Créditos: Público

Ler

Conteúdo relacionado
- Education at a Glance 2019


Caso Team Strada. Vale tudo no YouTube? "O primeiro 'influencer' tem de estar em casa".

Os problemas são os de sempre, mas em plataformas novas. Crianças e adolescentes procuram fama e aceitação nas redes sociais e no YouTube. Se não forem guiados, podem ser levados a quebrar as regras à procura de cliques.
Créditos: Renascença
Ler

10 truques para estimular as crianças a ler.

Antes de ser um hábito, tem de ser um prazer. A leitura é um bem essencial de inquestionável  importância. Estimular as crianças e adolescentes para a literatura exige criatividade e sabedoria para que o contacto com o mundo dos livros perdure. E fique para sempre.
Créditos: Sapo| LifeStyle
Ler

1 em cada 5 crianças sofre de ansiedade e de depressão.

É importante detetar o problema cedo, mas não é fácil em crianças com menos de 8 anos. Um estudo criou um algoritmo que promete ajudar.
Créditos: MAGG | Observador
Ler

Autonomia escolas. Chumbos mudam, há semestres e aulas multidisciplinares.

As aulas vão começar com novidades. A autonomia das escolas públicas significa, por exemplo, que nalguns agrupamentos deixa de se chumbar. Noutros há aulas com professores de várias disciplinas e anos letivos organizados por semestres em vez dos habituais três períodos.
Créditos: RTP Notícias
Ler

Os livros do Plano Nacional de Leitura que todos deveriam ler.

São recomendados para alunos entre os 9 e os 18 anos, mas a verdade é que estes livros não são só para miúdos. O Plano Nacional de Leitura está cheio de histórias que ultrapassam gerações e que já se tornaram verdadeiros clássicos (infantojuvenis).
Créditos: Revista Estante | FNAC
Ler

Estudo. Facebook e Instagram estão a prejudicar a saúde mental das crianças.

O estudo conclui que 51% das raparigas e 43% dos rapazes afirmam ligar-se às redes sociais mais de três vezes por dia.

Créditos: MAGG | Observador

Ler

Primeiro ciclo, um novo mundo para conquistar com “segurança e tranquilidade”.

Autonomizar, dificultar, responsabilizar. Três ferramentas que, apontam os especialistas, poderão ajudar as crianças na chegada ao primeiro ciclo, um portal para todo um novo mundo. E como prevenir o bullying?
Créditos: Público
Ler

Psicólogos explicam que a leitura nos primeiros anos de vida pode influenciar a relação entre pais e filhos no futuro.

Quando as crianças são pequenas é muito fácil acalmá-las e fazer com que os ataques de choro acabem por meio do uso de um aparelho eletrônico. Muitos pais sabem que essa não é a atitude mais indicada, mas, às vezes, é a única possível. Contudo, muitos pais modernos parecem ter se esquecido dos efeitos do simples ato da leitura. Um novo estudo psicológico mostrou os benefícios que o hábito de ler pode trazer tanto para os filhos como para os pais.
Créditos: Incrível
Ler

Acesso ao Ensino Superior 2019.

Número de novos alunos no superior volta a aumentar
Na 1.ª fase do concurso de acesso foram colocados 44.500 estudantes, um aumento de 1,2% face ao ano passado. Número de vagas sobrantes é o mais baixo da década.
Créditos: Público
Ler
Conteúdo relacionado - Propinas, quarto e comida. As principais despesas dos alunos do ensino superior.

SICAD - Serviço de Intervenção nos Comportamentos Aditivos e nas Dependências.

As drogas são um dos temas que Pais e Educadores sentem como sendo difíceis de serem explicados e falados... Mas, apesar deste sentimento, falar de drogas poderá não ser difícil....
Créditos: SNS | Serviço Nacional de Saúde
Ler

BBVA - Aprendemos juntos.

"Seis consejos para cuidar la salud de tu cerebro", Facundo Manes.
Créditos: El País
Ver e ler

Mais de um terço dos jovens de 30 países já sofreu ciberbullying.

Dos 170 mil jovens inquiridos, entre os 13 e os 24 anos, um em cada cinco diz já ter faltado à escola devido ao ciberbullying e à violência. UNICEF considera fenómeno “preocupante”.
Créditos: Público | P3
Ler

Conteúdo relacionado
- Cristina Ponte: «O ciberbullying é a situação que mais incomoda os miúdos na internet»
- Bullying e ciberbullying. "Basta uma humilhação e está a praticar um crime"